16 novembro, 2016

Juiz manda soltar personagem de Making a Murderer



Mudança para os novos episódios de Making a Murderer?

Um juiz norte-americano ordenou a libertação de Brendan Dassey, condenado a prisão perpétua por ajudar seu tio Steven Avery, o protagonista da série documental Making a Murderer, a matar uma mulher em 2005. O magistrado, William Duffin, já  havia anulado em agosto a sentença contra Dassey.

O juiz tomou a decisão um ano após o lançamento, pela Netflix, da série de 10 episódios Making a Murderer, sobre as complicações de Avery na Justiça, que também recaíram ao seu sobrinho.

Dassey confessou, durante a detenção, ter ajudado o tio a cometer os crimes em 2005 a jovem fotógrafa Teresa Halbach, que foi vista pela última vez numa empresa familiar dos Avery em Wiscosin, um ferro-velho onde ela havia feito fotos. Ambos foram condenados a prisão perpétua num processo que, segundo a série, foi marcado por irregularidades. No caso contra Dassey, a investigação baseou-se somente em sua confissão. Mas o DNA de Avery foi encontrado na cena do crime.

O caso de Avery chama especialmente a atenção, pois, antes do assassinato pelo qual foi condenado a prisão perpétua, ele já havia permanecido 18 anos atrás das grades por um crime que não cometeu.

 A Netflix já confirmou que está produzindo novos episódios para uma segunda temporada da série.


 

Receba os lançamentos

Cadastre o seu e-mail e receba informações de todos os lançamentos da Netflix

Copyright © Lançamentos da Netflix™ is a registered trademark.
Designed by Templateism. Hosted on Blogger Platform.