19 outubro, 2017

10 filmes para quem adora desvendar a mente humana!


O cinema muitas vezes possibilita compreender eventos da nossa vida. Preparamos uma lista com os 10 melhores filmes disponíveis na Netflix para os que querem conhecer um pouco mais da mente do ser humano, que apesar de pretender ser uma máquina programável, está cada vez mais longe da obviedade. Confira:

   

10. Cake: Uma Razão para Viver


Jennifer Aniston interpreta Claire, uma mulher que perde o brilho e ameaça também perder a alma. Ela tenta atravessar uma tragédia e tem poucas coisas nas quais se agarrar. Viver passa a ser mais doloroso que morrer. A grande sacada do filme é explorar a ambivalência do desejo de morrer, que muitas vezes esconde um apelo desesperado pela vida. Jennifer Aniston faz esse percurso com bastante densidade, e ilumina o que poderia ser uma narrativa difícil de suportar.

9. Homem Irracional 


Woody Allen tem na bagagem algumas décadas de filmes dedicados à exploração da mente humana, e nesta obra ele avança seu questionamento sobre a moralidade. Emma Stone e Joaquin Phoenix estrelam essa comédia de tintas sombrias. Ele é um professor de filosofia que se vê à tona com as infinitas possibilidades do acaso – uma dessas possibilidades, porém, mostra que tudo na vida tem um limite.

8. Se Enlouquecer Não se Apaixone


A trama mostra como o suicídio pode levar à redescoberta do desejo de viver. Craig é um adolescente com depressão que não encontra saída para seu sofrimento e resolve buscar ajuda em um hospital psiquiátrico. O filme é baseado no livro homônimo de Ned Vizzini, que passou por uma internação psiquiátrica para tratar da depressão. Lançada em 2006, a publicação foi bastante elogiada por público e crítica.

   

 7. Life, Animated


Somos seres da linguagem e, por meio dela, pudemos ser criativos nas mais impossíveis situações ao longo da história. Quando a linguagem encontra mais percalços do que comunicação, como ocorre nos casos de transtorno do espectro autista, é grande a angústia. Mas isso não significa que deva ser definitiva. Aí entra a poderosa reinvenção dos seres humanos. Este documentário traz a comovente história de Owen Susking, que aos três anos parou de falar e recebeu o diagnóstico de autismo. Muitos especialistas se debruçaram sobre sua condição, mas foram os filmes da Disney que ressignificaram a relação de Owen com o mundo, retirando sua existência do silêncio.

6. Nise: O Coração da Loucura


A fronteira entre loucos e sãos permanece embaralhada, com contornos trazidos de acordo com a conveniência, principalmente se o objetivo for a exclusão de alguém que é diferente. A psiquiatra alagoana Nise da Silveira foi pioneira e revolucionária ao propor um tratamento humanizado de pacientes psiquiátricos, trazendo novas perspectivas a partir da arte.

5. A Pele que Habito


Um cirurgião plástico (Antonio Banderas) precisa lidar com a morte da esposa, que teve o corpo inteiramente queimado depois de um acidente de carro. A tragédia é o motor para a obsessão do médico, que se dedica ao desenvolvimento de uma pele perfeita, que resista à dor e a qualquer dano. O que vem a seguir é um filme de terror sem gritos ou sustos. Para pensar o horror que brota das nossas relações.

   

4. Os Suspeitos


Eis um suspense altamente angustiante tanto pelo conteúdo quanto pela forma.  O rapto de duas crianças dá início a um duelo bastante incômodo entre a Justiça e o justiçamento, a confiança e a sensação de desamparo. Hugh Jackman interpreta o pai obstinado a encontrar a filha, enquanto Jake Gyllenhaal é o detetive que tenta dar contornos de credibilidade à desacreditada instituição que é a polícia. De dar nó no estômago.

3. The Mask You Live In


Que preconceitos, repressões e crueldades se escondem por trás das palavras de ordem "seja um homem"? Este documentário aborda frontalmente os prejuízos de uma cultura que não permite que os homens lidem com suas fraquezas e vulnerabilidades em nome de uma "assegurada masculinidade". Depoimentos de crianças, adolescentes, atletas e detentos dialogam com reflexões propostas por diferentes profissionais, de técnicos de times a psicólogos.

Donnie Darko


Este filme independente se tornou um cult dos anos 2000. O fim do mundo está próximo e é anunciado por um homem fantasiado de coelho a Donnie, um adolescente tido como problemático. Aos pais, o psiquiatra diz que o garoto apresenta sintomas de esquizofrenia. Donnie passa a se questionar sobre suas visões, enquanto eventos misteriosos começam a acontecer em sua cidade.

1. O Segredo dos Seus Olhos


Neste belíssimo drama policial estrelado por Ricardo Darín, acompanhamos os diferentes rumos tomados em nome do amor. A investigação de um crime brutal aos poucos vai se revelando como uma investigação das relações humanas e da complexidade dos sujeitos. Não há qualquer tipo de previsibilidade na trama. O filme venceu o Oscar de melhor filme estrangeiro em 2010.

   
 

Receba os lançamentos

Cadastre o seu e-mail e receba informações de todos os lançamentos da Netflix

Copyright © Lançamentos da Netflix™ is a registered trademark.
Designed by Templateism. Hosted on Blogger Platform.