02 abril, 2019

5 séries e filmes sobre autismo na Netflix que são pura inspiração!

Atypical
O TEA (Transtorno do Espectro Autista) é um tema bastante discutido no cinema, seja de uma maneira sutil, com a síndrome como pano de fundo, ou em produções que destacam o autismo. Ainda há uma multidão que vive sem ser reconhecida pela sociedade, ou por falta de representatividade, ou porque, quando ela existe, é carregada de preconceitos e estereótipos. Nesse sentido, as produções sobre autismo são uma vitrine da diversidade que existe no espectro.

No Dia Mundial da Conscientização do Autismo, preparamos uma lista especial com algumas produções disponíveis na Netflix. Confira abaixo:

   

O Farol das Orcas

O filme de ficção é baseado na história real de Roberto Bubas, um guarda florestal que cuida de orcas na Patagônia. O filme relata a trajetória de "Tristan" (Joaquín Rapalini), um menino autista que encontra nesses animais uma conexão especial, depois que sua mãe o leva para conhecer as baleias afim de tentar provocar emoções no filho.

A partir do contato com os animais, a evolução do comportamento de "Tristan" é nítida, mostrando que as relações com animais podem ser benéficas para crianças com TEA.

O Farol das Orcas
Life Animated

O documentário indicado ao Oscar é protagonizado por Owen Suskind, um jovem adulto prestes a se formar, diagnosticado com TEA. Durante alguns anos de sua infância, Owen viveu sem falar nenhuma palavra, apenas balbuciando sons sem conseguir se comunicar.

O filme conta como os desenhos da Disney o ajudaram a se reconectar com o mundo e a família. Com temas com decepções amorosas, crescimento, independência, mudança de vida, bullying entre outros que permeiam a vida em sociedade, a produção mostra como pessoas dentro do espectro podem ser independentes de suas próprias maneiras.

Life Animated
Atypical

A série mistura drama e comédia para contar a história de "Sam Gardner" (Keir Gilchrist), um adolescente autista que deseja encontrar uma namorada. Os dilemas dessa busca causam reviravoltas na família do personagem. O ator que interpreta Sam revela as características típicas do autismo como a fala ágil, a expressão corporal retraída, os olhares difusos e a falta de traquejo social.

As dificuldades do protagonista são apresentadas de maneira leve, mas ao mesmo tempo incisiva e nos mostram um pouco do que se passa em sua mente em determinadas situações, como o bullying na escola. As reações de amigos e familiares também entram em pauta, mostrando como a aceitação da família é essencial para o desenvolvimento de "Sam". Com cenas engraçadas e emocionantes, a série questiona as atitudes de todos os personagens e reflete a normalidade como uma difícil missão para todo mundo.

Atypical
   

Touch

A série é um misto de suspense e drama, e traz no elenco o ator Kiefer Sutherland (24 Horas), que interpreta o pai do menino Martin. Sem se comunicar verbalmente, o pequeno é aficionado por tecnologia e números. Mesmo sem falar, um menino autista tem um dom para identificar padrões numéricos e parece conseguir prever o futuro.

Touch
Querido John

Inspirado no livro de Nicholas Sparks a história romântica aborda também a síndrome autista e de asperger, síndromes muito parecidas.,

Na trama, o pai de John é metódico, tem horários pra tudo, seus dias são sempre iguais e tem um apreço muito grande por sua coleção de moedas. Já Allan é uma criança que não consegue estabelecer relações de amizades com poucas pessoas. Os sintomas apresentados pelos personagens são característicos de duas síndromes especificas: a síndrome autista e a síndrome de asperger.

Querido John
   
 

Receba os lançamentos

Cadastre o seu e-mail e receba informações de todos os lançamentos da Netflix

Copyright © Lançamentos da Netflix™ is a registered trademark.
Designed by Templateism. Hosted on Blogger Platform.